sábado, outubro 22, 2005


"Pois é meu filho...", e assim preenches tu os silêncios prolongados. Conheço-te os traços, as rugas, tão bem... "Pois é meu filho..." nessa voz tremida que eu conheço tão bem. Distraiu-me por um segundo, as pupilas dilatam e vais para longe. Para onde vais nesses momentos, Emília? Tens um sorriso eterno gravado nas dobras da tua pele, para onde vais tu?
Não temes, descascas essas batatas sem medo. Nada pode perfurar esses dedos calejados, essas mãos... Tens uma casca imensa a envolver-te.
"Tudo que tem um começo tem um fim", e que obcessão é essa pela morte? Quando cavas a terra fértil parece que cavas a tua sepultura. Que procuras mulher? A tua mente... Sete palmos abaixo da superfície, é lá q ela está.

*Baseado em Emília, uma curta-metragem da COLA (Colecção De Trabalhos Audiovisuais Da Lusófona)

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

9:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

'Exterminate white people'
Political Web sites throughout the country are crackling this week in response to statements by a former instructor at N.C. State University, who said blacks must "exterminate white people off the face of the ...
Freom Bloger
http://onlincure-premature-ejaculation.blogspot.com/

9:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

An Internet fed mostly by amateurs is frightening
Silicon Valley has its share of would-be utopians. Along with others around the world, they are ... Carr, who lives in Carlisle, Mass.
Nice Work Guys.visit our site also for payday loans ,
You will aprreciate the site. Thanxs and cheers.payday loans. !!!!

1:45 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home

Free Website Counter
Free Website Counter